Manual de Uso e Manutenção

Os colchões e camas BonSono são construídos baseados no conceito de sono e ortopedia.

Os materiais utilizados apresentam características físicas que proporcionam o alívio de pressão sendo natural que ocorra maior deflexão nas regiões que apoiam os pontos mais pesados do corpo como ombro e quadril. As regiões do Colchão menos utilizadas não apresentarão a mesma acomodação das áreas mais utilizadas.


1 - Acomodação é a perda de espessura do colchão na área de maior pressão exercida pelo corpo. As espumas do colchão durante a sua utilização, podem perder até 10% da sua altura original, esta é uma situação normal e faz parte das propriedades físicas da espuma prevista pela norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) NBR 15.413, por isso é necessário que nos primeiros seis meses de utilização se faça o giro quinzenal do colchão, alternando sua área de utilização para que a acomodação da espuma se dê por igual.


2 - Amaciamento é a perda de dureza natural do colchão na medida certa, proporcionando um maior conforto, pois sua coluna estará na posição correta. Nos primeiros meses acontecerá um amaciamento das camadas de espuma do estofamento do seu colchão, principalmente na área central, ou seja, em sua área de maior utilização. Esta é uma situação normal e faz parte das propriedades físicas da espuma prevista pela norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) NBR 15.413 para o amaciamento da área de utilização em relação às alturas laterais.


Para minimizar o efeito visual de áreas mais elevadas é necessário seguir as orientações abaixo:

 


1 -  Desde as primeiras noites utilize também a área central do Colchão principalmente para as medidas de casal.

2 - Nunca deixe o Colchão mais de um mês na mesma posição. O ideal é repetir o rodízio de 15 em 15 dias nos seis primeiros meses de uso e depois repetir o procedimento a cada 30 dias.

3 - O rodízio do Colchão e Box deve ser realizado em 180°.

4 - Se o Colchão é utilizado dos dois lados vire-os também intercalando com os giros.

5 - Deixe seu Colchão respirar, sempre na troca das roupas de cama permita que seu Colchão fique algumas horas sem as mesmas.

6 - Aspire seu colchão periodicamente pois este é o único método de limpeza recomendado.

 

Umidade x Bolor

 

A ocorrência de apenas um dos itens abaixo no ambiente é suficiente para causar bolor no seu Colchão, Box ou Sistema de Dormir e invalidar integralmente a garantia.


Pouca ou nenhuma ventilação;
→ Pouca ou nenhuma incidência de sol;
→ Incidência de vapor durante o banho;
→ Paredes com infiltração.

 

Atitudes para minimizar a umidade:

 

Basicamente o fato está em aumentar artificialmente a ventilação do ambiente de forma a acelerar o processo de evaporação da umidade. É esta umidade concentrada que forma o mofo ou o bolor nos objetos do ambiente.

1 - Uma solução, caso você não tenha boa aeração natural do ambiente (janela por onde entra sol e vento) seria instalar um ventilador e usá-lo com frequência de forma a criar uma boa circulação do ar.
2 - Para melhorar devemos mudar a iluminação. Mesmo a luz artificial, gera um pouco de calor que ajuda a evaporação da umidade.
3 - Faça com que seu quarto seja mais iluminado, acrescentando abajures que use lâmpada incandescente. Isto já aumenta o calor do ambiente.
4 - Se for possível – compre um pequeno aquecedor portátil e use-o, mesmo que seja apenas por 15 minutos diários.
5 - Para os cantos escuros e úmidos – como nos armários, você poderá usar produtos anti-mofos que se vendem nos supermercados.
6 - Antes de colocar o produto anti-mofos, faça uma boa limpeza nos cantos que acumulam mofo (o bolor é uma cultura de fungos).

 

“ATENÇÃO: DEVEM, OBRIGATORIAMENTE, SER OBSERVADAS AS RESTRIÇÕES QUANTO ÀS DIMENSÕES DESTE COLCHÃO CONSTANTES NAS INSTRUÇÕES DE USO DO BERÇO EM QUE SERÁ UTILIZADO.  AS DIMENSÕES ESPECIFICADAS PELO FABRICANTE DO BERÇO NÃO PODEM PERMITIR A FORMAÇÃO DE ESPAÇO MAIOR QUE 30,0 mm (3,0 cm) ENTRE AS LATERAIS OU EXTREMIDADES DO BERÇO E O COLCHÃO.”